Bem-vindo. Hoje é
Ultimas Noticias

Páginas

Portal Notícias de Ônibus | Você pode anunciar aqui! Clique em Eloar Comunicação e saiba mais

Secretário de Transportes dá prazo de 30 dias para sanar problemas de linhas de ônibus no Rio

O novo secretário municipal de Transportes, Rubens Teixeira, disse na manhã desta segunda-feira (5), em entrevista ao Bom Dia Rio, que espera em 30 dias restabelecer os serviços das linhas de ônibus da cidade e apresentar um preço justo para as passagens. Para isso, o secretário informou que está fechando contrato com uma multinacional, nesta segunda-feira, para fazer uma auditoria nos contratos de concessões das empresas de ônibus.
“Tenho um prazo de 30 dias para resolver ou encaminhar os problemas mais graves dos ônibus. Espero resolver os problemas mais graves, que são a ausência de ônibus, de linhas que foram retiradas das ruas. Espero que em breve eles estejam circulando. E também solucionando o problema de superposição de linhas de vans e ônibus. Linhas de vans vão ser canceladas. Problemas como ausência de linhas de ônibus e ônibus em estado precário devem ser resolvidos ou encaminhados para solução o mais brevemente possível”, disse Teixeira, destacando que esta é sua meta e que é irrelevante se ele vai ou não deixar a secretaria em dois meses para concorrer às eleições.
Para Teixeira, primeiro é preciso resolver o embaraço que há no sistema de ônibus. Segundo ele, já foi pedido à empresa que vai fazer a auditoria no sistema, para elaborar um estudo para determinar o preço justo das passagens de ônibus.
“O prefeito tem uma visão clara sobre isso. O preço tem de ser o melhor para a sociedade, mas também com justiça e equilíbrio”, disso o secretário.
Ele espera contar com o apoio do Ministério Público para, depois determinado o preço justo pela auditoria, levar à justiça o novo preço das passagens para fazer um acordo com a Rioônibus e as empresas. Teixeira diz que há questionamentos sobre o contrato e as mudanças que podem ocorrer, de ambos os lados.Para solucionar o problema de fiscalização das linhas de ônibus e de vans, a secretaria vai fazer um acordo com a Secretaria de Ordem Pública. Ele diz que como o sistema está em desordem, não há fiscalização.
“Se estabeleceu o caos no sistema. Há linhas de vans que precisam ser canceladas,
temos de resolver o caos para solucionar o problema. Estou no segundo dia de trabalho. Vou mandar cancelar a superposição de linhas de ônibus e vans e determinar o cancelamento de licenças dessas vans nos próximos dois ou três dias. ”, disse Teixeira, que destacou que as empresas preferem pagar as multas a colocar ônibus nas ruas.
Teixeira disse também que a climatização de toda a frota é uma obrigação contratual e que espera que a Rioônibus cumpra o acordado. Do contrário, vai ser uma decisão judicial. Ele disse que a prefeitura tem o poder de cassar a concessão das empresas e fazer uma nova licitação, mas que isso levaria no mínimo 90 dias. E se nenhuma empresa se apresentasse para a população ficaria sem ônibus ainda por mais tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Ao término do comentário, identifique-se colocando seu nome e o nome da cidade que você fala.
Portal Notícias de Ônibus | Informando você sobre ônibus.